Terríveis olhos azuis

Como era difícil abrir os olhos de manhã. Aqueles terríveis olhos azuis.

Já não se tinha mais o mesmo viço, a mesma facilidade para as coisas. Já não se sabia mais como regredir alguns anos.

Ele abriu os olhos mesmo assim. Mesmo com toda a dor da idade ele os arregalou, tão azuis,  e fitou o teto pintado de um azul monótono.

– Odeio azul – pensou. Mas mesmo odiando, olhava aquele mesmo teto, pintado deste mesmo tom horroroso de azul há 10 anos. Os 31 anos mais bêbados e sem rumo da história do mundo ganhavam vida naqueles terriveis olhos azuis.

Olhou para o lado e fitou a desconhecida seminua que dormia a seu lado. Os cabelos pretos enrolavam-se aos travesseiros. Quem era ela? Ah sim, a moça bonita de blusa azul que tomava uma cerveja no bar. Rótulo azul.

– Porque está mulher veio para cá comigo? Porque ficou? Porque transou comigo? O que ela ainda faz na minha cama? – pensou, confuso…

Estava já muito velho. Muito velho para isso tudo. Para perguntas, para acordar com uma desconhecida na sua cama, para se perguntar e tentar lembrar o que se havia comido ontem no almoço. Estava já muito velho para aquilo. E muito velho para tudo. Já era hora.

Levantou, tossiu, acendeu um cigarro, coçou as costas, dirigiu-se ao banheiro desviando das garrafas de bebida jogadas no chão. Olhou o caos da cidade naquela maldita manhã azul de segunda-feira. Ignorou a presença da morte ali, sentada há dias naquela velha cadeira azul. Olhando para ele. Fumando um cigarro. Soprando aquela maldita fumaça azul.

– Bom dia. – disse ele à morte, e piscou seus terríveis olhos azuis para ela.

Não houve resposta.

Anúncios

2 comentários sobre “Terríveis olhos azuis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s