Sem resposta

Sentados discutindo há horas. Já havíamos passado da fase do medo de iniciar uma discussão,  da fase de ponderar as coisas antes de dizer e da fase de falar para magoar por pura raiva… Já estávamos na fase de ponderar o que foi dito, chorar as palavras e pensar “Porque ainda insisto nisso?”… Já começávamos a lamber as feridas, a ter pena de nós, a ouvir a frase matadora proferida com  tanto ódio por aqueles lábios tão amados. Já estávamos na fase de aceitar que  dissemos muito um para o outro, e que não fora nada justo. E então, ela finalmente olhou para mim, desmoronando qualquer defesa, destroçando meus muros de concreto, demolindo meu autocontrole e pondo por terra toda a minha
segurança.

Ela continuou a me fitar nos olhos e simplesmente disse – “Quem é você?”

E eu não soube responder.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s