No começo do céu, o fim da cidade…

copan_1_ass

A brisa é algo incrível quando aprendemos a nos dar conta dela. É assim que me sinto depois de levantar, com as pernas doloridas de um iniciante fracassando, com a pele arrepiada e a cabeça vazia.

Estas são duas das contribuições da meditação: a sensação de não ter controle de suas sensações e a cabeça vazia.

copan_2_ass

Ao meditar no alto do Edifício Copan, no fim da cidade e no começo do céu, muito mais alto do que meus pés podem imaginar, senti com se flutuasse.

Enquanto eu só tentava não me mexer, sem pensar em parar de pensar, dando liberdade à minha imaginação, o sol brilhou frágil, e eu pude sentir. De verdade!

copan_3_ass

Além da brisa, fria da manhã, o sol também parecia radiante. Acho que foi a primeira vez que pude dizer que senti algo em essência, no real.

Foi naquele momento que prometi voltar!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s